segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Dízimos e Ofertas - Primícias

"Honra ao Senhor com teus bens e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares." Provérbios 3: 9-10

Esse é um mandamento seguido de promessa. 
Depois de 30 dias de trabalho, o que devo fazer é, antes mesmo de pagar uma conta ou alguém, separar meu dízimo seguido de uma oferta. Fazendo isso de coração, claro! Demonstrarei para Deus a importância que Ele tem em minha vida, e o quanto dependo da sua proteção em minha vida financeira. 
Os pastores geralmente não pregam assim, mas, vejam que em Gênesis 4: 4 que diz: "Abel, por sua vez, trouxe as primícias do seu rebanho e da gordura deste. Agradou-se o Senhor de Abel e de sua oferta..." Abel mostrou essa importância a Deus, que se agradou.


Quantas vezes eu escutei na igreja que devemos dar o melhor para Deus, mas, de uma maneira distorcida: Se na carteira tenho 3 notas de R$20,00, uma de R$50,00 e outra de R$ 100,00, qual seria meu melhor?? Um pastor responderia a de R$100,00, mas, o meu melhor não é nenhuma das 3 e sim a PRIMÍCIA. Deus é quem nos dá o emprego, a força e disposição física para trabalhar e sem contar que Ele é o dono de tudo, o Criador! Ele só olha o nosso interior, nossas intenções (Leia 1 Samuel 16: 7).
A não prática da primícia entra o que diz em Malaquias 3: 8-9 "Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, vós, a nação toda."

E a oferta que o pastor pede? E quando ele entrega o envelope nos propondo uma corrente ou campanha? Essas ofertas são ORÇADAS, muitas vezes pode ser Deus propondo e outras o pastor mesmo, para despesas da igreja como água, energia, aluguel, material de limpeza etc. Pode participar de quantas quiser! DESDE QUE CUMPRA! Pois, o não cumprimento me encaixa em Malaquias 3: 8, pois, a partir do momento que eu pego o envelope eu fiz um voto com Deus e não com o pastor. Não importando se foi o pastor ou Deus que propôs aquela oferta. Se eu não cumpro, faço voto precipitado como diz em Eclesiastes 5:1 "Guarda o pé, quando entrares na Casa de Deus; chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifício de tolos, pois não sabem que fazem mal." Voto é algo muito sério!!

Lembre-se: SE OFERTAMOS E DIZIMAMOS, TAMBÉM EVANGELIZAMOS! Pois, damos condições a igreja de manter as portas abertas.

Oferta é um ato de fé, amor e alegria. Pense nisto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário