Convencido

"Caso alguém não preste obediência à nossa palavra dada por esta epístola, notai-o; nem vos associeis com ele, para que fique envergonhado.
Todavia, não o considereis por inimigo, mas adverti-o como irmão." 1 Timóteo 3: 14-15 

É muito mais fácil observar, ou não querer ficar junto, com uma pessoa que é incrédula, ou que não frequenta nossa igreja, mas é exatamente lá que devemos observar o procedimento daquele que senta ao nosso lado e escuta a mesma pregação. 

Esta passagem é um alerta, além de nos vigiarmos para que não nos contaminarmos com as más conversões, mas que notemos os procedimentos dos que se dizem convertidos.
Um convencido contamina qualquer um, se não houver uma vigilância constantes é fácil, depois de um período, a pessoa imitá-lo e achar normal tudo o que ele acha, ou seja, fazer tudo contrário a palavra de Deus. Não se associar é não andar junto, comer junto e frequentar a casa do convencido, pois assim ficará envergonhado. Não devemos estar junto com aqueles que notamos não praticar a palavra de Deus. Devemos adverti-o dentro da palavra, corrigindo seu mal procedimento conforme orienta as escrituras, e não podemos dar conselhos vindos de nós, pois ele precisa de libertação e só a pregação da palavra liberta. Após a advertência, é preciso continuar observando-o até que produza frutos de arrependimento.  Fazendo assim, estou protegendo a minha vida com Deus, a minha salvação. 
Não podemos esquecer que o diabo vai usar quem está mais próximo de nós para nos desviar do caminho da verdade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

"Enquanto há vida, há esperança."