João Batista NÃO duvidou de Jesus.

"Quando João ouviu, no cárcere, falar das obras de Cristo, mandou por seus discípulos perguntar-lhe: És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?" Mateus 11: 2-3
E João, ouvindo no cárcere falar dos feitos de Cristo, enviou dois dos seus discípulos,
A dizer-lhe: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide, e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes:
Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho.
E bem-aventurado é aquele que não se escandalizar em mim.

Mateus 11:2-6

Hoje meu "pai da fé" me explicou esta passagem e gostaria de dividi-la com vocês:

Muitos pregadores dizem que João Batista duvidou de Jesus, mas não foi assim:
Em João 1: 32-34 diz: "E João testemunhou, dizendo: Vi o Espírito descer do céu como pomba e pousar sobre ele. Eu não o conhecia; aquele, porém, que me enviou a batizar com água me disse: Aquele sobre quem vires descer e pousar o Espírito, esse é o que batiza com o Espírito Santo. Pois eu, de fato, vi e tenho testificado que é o Filho de Deus." E João Batista quando batizou Jesus viu descer sobre Ele o Espírito Santo como pomba e ouviu uma voz do céu dizer: "Esse é o meu Filho amado, em quem me comprazo.", como diz em Mateus 3: 16-17, ou seja, João Batista não viu Jesus fazendo milagres pois foi preso antes, mas já tinha absoluta certeza de quem Ele era. João só mandou seus discípulos perguntarem a Jesus se Ele era o Messias para que seus discípulos passassem a segui-lo já que João Batista tinha certeza que morreria, ele precisava mostrar aos seus discípulos quem eles passariam a seguir após sua morte.

Postagem com orientação de Washington Pereira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

"Enquanto há vida, há esperança."