Palavras do justo.

"O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos perversos transborda maldades." Provérbios 15: 28


Quanto mais nos enchemos da palavra de Deus cada vez mais sairá de nossos lábios palavras de força, repreensão, sábias e com entendimento. Há pessoas que os lábios são até mais rápidos do que o pensamento, quando percebem já saiu, falando o que não deveriam. Falar sem pensar não tem volta, aquilo fica registrado no coração do ouvinte e o diabo estará prontinho para acusar em momento oportuno.

A meditação do justo é diária e constante, pois ele passa dia e noite meditando a palavra de Deus, seja para própria vida ou para ajudar alguém, ele procura obedecer a palavra que diz que somos sal nesta terra, então ele fala o que dará sabor, o que terá proveito na vida do ouvinte, não o fere com palavras ofensivas.
O perverso fala do que lhe é próprio, do que tem observado da vida, seja com seu próprio entendimento e olhar ou seja com o olhar de outro, de outro perverso, e que muitas as vezes acaba agravando o que está dentro dele, se tornando ainda mais maldoso ou malicioso.
O que está dentro de nossos corações sairá em palavras ou ações, pode ter certeza! A boca transborda o que está cheio o coração (Leia Lucas 6:45). 
Meditemos: Em que tipo de pessoa nos enquadramos nos últimos dias: o perverso ou o justo? Lembrando que ainda há tempo de mudança, pois estamos vivos. Temos a oportunidade de agora falar aquilo que dará sabor na vida do ouvinte. E rumo a mudança!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

Dízimos e Ofertas - Primícias