Inimigos reduzidos a nada. Quando acontecerá?

"Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que estão indignados contra ti; serão reduzidos a nada, e os que contendem contigo perecerão." Isaías 41: 11

Nossos inimigos hoje são os problemas em várias áreas da vida: dinheiro, saúde, família e vida espiritual. O diabo está indignado contra todos aqueles que estão com essas áreas cheias de pendências, e que nos fazem orar sem cessar. Segundo o contexto bíblico, nós teremos obstáculos na vida, problemas momentâneos e não duradouros.

Se você pensa: "Mas e o meu adversário Senhor, por que não não estão sendo envergonhados?" Parece que quanto mais você ora para que ele seja reduzido a nada, mas ele cresce e perdura em sua vida. A resposta é: essa passagem de Isaías só acontecerá na vida daquele que é justo diante de Deus, aquele que pratica a palavra, respeita os mandamentos e estatutos cumprindo-os, e procura fazer a vontade de Deus. Ser justo, é literalmente praticar justiça diante dos homens e de Deus, aquele que ainda não pratica isso continuarão orando, orando e orando, Deus resolve um problema ali ou aqui por misericórdia, mas não fazendo a risca o que afirma esta passagem. Para entendermos melhor o que é ser justo, vou dar um exemplo bem simples: fui ao mercado e o caixa me passou R$0,10 centavos a mais de troco, e não porque ele não tinha moeda menor, e sim porque não viu, se eu vou pra casa com esse troco não estou sendo justa, pois ele não é meu e sim do dono do mercado.
O justo vive por fé, pela palavra pregada, precisamos ter fé que alcançaremos essa pratica que Deus quer de nós para que alcancemos maravilhas, como descreve essa passagem, de termos nossos inimigos reduzidos a nada.
Podemos pedir em nossas orações que Deus coloque temor em nossos corações, pois somente com o temor conseguimos praticar a palavra de Deus como Ele quer.

Pregação com orientação de Washington Pereira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

"Enquanto há vida, há esperança."