Pensando em si.

"[...] fomos aprovados por Deus, a ponto de nos confiar ele o evangelho, assim falamos, não para que agrademos a homens, e sim a Deus, que prova o nosso coração." 1 Tessalonicenses 2: 4

Paulo vivia a pregar o evangelho, foi escolhido por Deus para pregar. Foi preso, apanhou e mesmo assim se empenhou em continuar pregando não se importando com o que sofreria para isso, pois sua alegria era agradar a Deus, viver o evangelho.
Hoje recebemos o mesmo evangelho que Paulo recebeu, estamos tendo conhecimento da palavra do mesmo Deus, mas muitos de nós só estamos preocupados a agradar a nós mesmos.

O Deus é o mesmo e ainda hoje continua confiando a alguns de nós o evangelho, e não estou falando de pregadores, me refiro a pessoas simples, anônimas mesmo, mas são poucos os que estão preocupados com o que Deus quer e só pensam em si, desejando bênçãos e mais bênçãos.
Meditemos juntos hoje: a quem estamos preocupados em agradar? E quando está preocupado em agradar a Deus há a mesma disposição e alegria que Paulo tinha? Ou parecida? 
Hoje em dia são muitos, os que se dizem cristão, que estão pouco preocupados em fazer a vontade de Deus e com sua salvação, tem ideias distorcidas, contrárias a palavra de Deus que dá para compreender, com perfeição, no que está escrito a respeito da volta de Jesus que seria o dia da ira do Senhor...
Nossa preocupação deveria estar em viver agradando a Deus, pois Ele tem provado, todos os dias, a cada um de nossos corações, e o que Ele tem encontrado? Do que o seu coração está cheio? De fascinações do mundo?
Escrevo a vocês com a preocupação de que também preciso rever meus passos e o que tenho sido diante de Deus. Essa meditação é para todos nós.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

"Enquanto há vida, há esperança."