Pedindo autorização para o que planeja.

Nossas vontades estão a flor da pele o tempo inteiro, sempre planejando isso ou aquilo e muitas vezes nem consultando a Deus se realmente podemos executá-las. 
Não consultamos por nos acharmos puros demais ou simplesmente por arrogância em achar que nós somos os senhores e que Deus fará o que queremos e como queremos. Esse pensamento arrogante, não vem de Deus.

Há poucos dias, escutei do meu "pai da fé" dizer algo semelhante: "Se estamos sempre em oração pedindo coisas a Deus, é porque estamos abaixo Dele." Mas o interessante é que para pedir estamos prontos, mas para projetar, planejar algo para a própria vida esquecemos que temos que fazer o mesmo: pedir, porém autorização.

"Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, deveis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo. Agora, entretanto, vos jactais das vossas arrogantes pretensões. Toda jactância semelhante a essa é maligna." Tiago 4: 14-16

Sim, temos a tendência a querer que as coisas corram como queremos e a hora que queremos, e se já estivermos habituados a isso então, fica mais complicado! No início, procurar saber o que Deus quer em determinadas situações da vida é um pouco complicado de exercitar, mas ao costume, é melhor saber de Deus determinada coisa para minha vida do que tomar uma decisão sem Ele e no final disso haver a minha tristeza, meu choro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

"Enquanto há vida, há esperança."