Pregação a uma pessoa.

"De modo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento." 1 Coríntios 3: 7


Aquele que prega, e se prega enviado por Deus, é somente um servo, cooperando com a obra de Deus.

Se falarmos uma palavra, enviada por Deus, a uma pessoa e ela realmente se converter, ótimo! Mais uma alma que saiu do caminho do inferno. Não dá para pensar que pelo fato de ter sido um instrumento, ter sido usado por Deus, fez tudo na vida daquela pessoa, pois na verdade o crescimento daquela palavra não é uma função nossa, não somos capazes de fazermos a parte da pessoa, que é guardar e valorizar aquela palavra e nem de ela ser praticada, da pessoa ser livre do erro e do engano.
Ao pregar uma palavra, a minha parte já foi realizada. O pregador é totalmente limitado a isso: falar, e se manter com os pés no chão porque deu resultado o que foi falado é o mínimo, afinal a palavra não é dele, tudo vem de Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deus prova os pensamentos.

Dízimos e Ofertas - Primícias